Ministério Público do Trabalho do Ceará promove sessão de cinema aos estudantes de Caucaia no Cine São Luiz.

0
1178

Realizar atividades voltadas à formação integral dos estudantes e educação para a cidadania é um dos objetivos da Secretaria Municipal de Educação de Caucaia. Para isso, o desenvolvimento de projetos que englobam outros órgãos e entidades é fundamental para a concretização dessas ações. Além disso, o planejamento e execução dessas atividades proporcionam, além das realizadas nas unidades educacionais, o debate acerca de temas sociais e culturais em outros espaços extra escolares.

Com um calendário voltado para esse compromisso, na manhã desta segunda-feira, dia 30 de agosto, 35 estudantes da rede pública de Caucaia, professores, coordenadores, a coordenadora municipal do Programa de Educação contra a Exploração da Criança e do Adolescente (PETECA), Andrea Herculano e Suelen Nogueira do núcleo de Programas participaram de uma sessão de cinema no Cine São Luiz, na cidade de Fortaleza.

Os estudantes que representaram o município são das escolas Amaro Rodrigues dos Santos e José Pontes Filho. Além do município de Caucaia, o Ministério Público convidou outros dezesseis municípios cearenses.

O filme Pureza foi apresentado aos participantes da sessão. Ele é baseado na história real de Pureza Lopes Loyola e relata um sistema de aliciamento e cárcere de trabalhadores rurais, a famosa escravidão moderna. A temática central do longa metragem ressalta a importância do combate ao trabalho escravo.

Antes da exposição do filme foi realizada uma roda de conversa com o Dr. Antonio de Oliveira Lima, Procurador do Trabalho e titular da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) no Ministério Público do Trabalho (MPT) no Ceará.

Andrea Herculano enfatiza que “momentos como esses refletem diretamente na formação cidadã dos estudantes de Caucaia. São encontros como esses que favorecem a reflexão sobre temáticas tão importantes para as crianças e adolescentes e suas famílias.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui