XXIII Seminário Força de Aceleração reúne os povos originários de Caucaia.

0
1175

Na manhã desta quarta-feira (11), no auditório da Escola Estadual Professora Iraci Pereira de Alcântara, os membros da equipe do Núcleo de Ações Estratégicas – NAE realizaram a vigésima terceira edição do Seminário Força de Aceleração(FA).

O público participante do encontro reuniu mais de 215 integrantes dos povos originários das tribos indígenas Tapeba e Anacé, que fazem parte do território caucaiense. Na ocasião, o Pajé Roberto Antônio Marquês da Silva e o líder Claudenildo Bento de Matos, dentre outras lideranças, realizaram os ritos sagrados, como a dança do toré e a consagração dos povos aos seus deuses.

O FA já teve quase dois mil participantes em todas as suas edições anteriores. Assim, o Seminário vem se consolidando e abrangendo profissionais comunidades inteiras, como as dos povos indígenas, para abordar questões relacionadas ao autoconhecimento, relacionamentos socioafetivos intra e intrapsíquicos, além do cuidado de si e do desenvolvimento de lideranças.

O criador do FA, professor Emílio Freitas Campelo e a Coordenadora das Etnias da SME, professora Meire Maciel foram homenageados pelo diretor Walber Abreu com um certificado de relevância do trabalho prestado e com uma arte elaborada por um estudante da escola anfitriã. Para o diretor, “dar o devido reconhecimento a quem de fato merece enaltece um trabalho não apenas no momento em que a palestra ocorre. Emílio, Meire e sua equipe estão de parabéns por levar esses temas tão caros a toda a comunidade aqui presente. Certamente, teremos outros encontros como esse aqui na nossa escola. Sintam-se acolhidos e reconhecidos pelo trabalho extraordinário realizado”.

As próximas edições estão previstas para os dias 17 e 18 de janeiro, voltado aos profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Socila e Trabalho. O locai ainda será confirmado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui