Setembro Amarelo: roda de escuta com adolescentes é realizada na Escola Cesar Nildo Gondim Pamplona.

0
1070

Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente a família, a comunidade, a sociedade em geral e o poder público devem assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

Entretanto, quando relacionamos esses direitos com a garantia de um ambiente saudável de convivência familiar e saúde mental ainda encontram-se muitos desafios. Diante disso, a Secretaria Municipal de Educação, por meio do Serviço de Orientação Psicológica (SOP) e do Serviço de Assistência Social (SAS) promoveu, na manhã do último dia 20, uma roda de conversa com estudantes do Ensino Fundamental.

Os adolescentes da escola Cesar Nildo Gondim Pamplona participaram de atividades que envolviam diálogos com os profissionais do SOP/SAS. Esse momento foi de escuta aos participantes, que na ocasião puderam externalizar seus desejos e projetos de vida. Eles também puderam refletir sobre os fatores emocionais que se estabelecem no cotidiano das relações com as famílias e com os seus pares.

Essa ação está voltada para destacar a importância da vida e da necessidade de uma escuta sensível a esse público, que muitas vezes é vítima de algum tipo de violência ou são acometidos por alguma doença psicossomática. O trabalho da equipe faz parte de uma extensa agenda que se desenvolve ao longo do mês de setembro no município.

Neste sentido, a equipe proporciona um panorama diversificado de ações e intervenções junto aos estudantes, dirigentes escolares e comunidade em geral. As ações do Setembro Amarelo serão realizadas até o final deste mês e ainda desenvolverá outras atividades, como a do próximo dia 27 de setembro na Escola Tecla Gonzaga Sales, no bairro Garrote.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui